Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/06/23 às 10h14 - Atualizado em 12/03/24 às 14h43

Espaço de aprendizado familiar é entregue no CEF 5 de Taguatinga

COMPARTILHAR

Pais e alunos terão atividades diversas, como aulas de luta, culinária e inteligência emocional

 

Fonte: Agência Brasília

 

O Centro de Ensino Fundamental (CEF) 5 de Taguatinga é uma das escolas beneficiadas pela iniciativa Aprender Comunidade, um projeto com mais de R$ 3 milhões de investimento do Governo do Distrito Federal (GDF).

 

Em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa (FAPDF) e a Secretaria de Educação (SEE), uma nova instalação foi entregue nesta sexta-feira (16) para a realização de atividades da Escola da Família, onde serão ofertados cursos e oficinas gratuitos para os alunos da rede pública no contraturno das aulas.

 

 

 

De acordo com a assessora da FAPDF Larissa Jesus de Sousa, o projeto de cocriação trouxe treinamentos, cursos e equipamentos. “A FAP fomenta justamente a inovação, a pesquisa e a transformação digital”, ressaltou.

 

A biblioteca foi reformada e os estudantes também têm acesso a salas de vídeo e informática, além de projetores, notebooks e tablets para uso educacional. O programa envolve em torno de 440 alunos, do 6º ao 9º ano, e 72 profissionais da educação, sendo executado junto ao Instituto de Educação, Esporte, Cultura e Artes Populares (Iecap), Agência de Transformação Social.

 

Aumento do aprendizado

 

Em um período de 18 meses, desde a aplicação do edital, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do CEF 5 de Taguatinga subiu de 3.8 para 5.2. A servidora da SEE Raquel Vila Nova Lins afirmou que os dados são muito importantes para a pasta.

 

“É uma parceria muito produtiva e essa melhora se deve à participação dos professores junto com a organização da sociedade civil na cocriação de projetos”, destacou Lins.

 

O projeto também visa implantar um protótipo de escolas inovadoras no DF, incluindo o espaço inaugurado que vai oferecer aulas de muay thai, teatro, culinária “faça e venda”, fotografia e habilidades socioemocionais para a comunidade.

 

Anjos e comunidade

 

A coordenadora do projeto e integrante do Iecap, Gabriella Godoy, acentuou que o GDF foi pioneiro na ideia de criar um edital que implanta novas metodologias para a escola pública. “Demonstra que a escola quer a família aqui dentro, além de oferecer novas oportunidades para os jovens, trazendo tecnologia para os adolescentes que já são dessa era digital”, observou.

 

Godoy explicou que há também a parte dos chamados anjos, que são pessoas da comunidade que podem oferecer o que puderem à escola – seja com investimentos, equipamentos ou serviços voluntários.

 

Coordenadora do projeto, Gabriella Godoy: “Demonstra que a escola quer a família aqui dentro, além de oferecer novas oportunidades para os jovens, trazendo tecnologia para os adolescentes que já são dessa era digital”

 

 

 

A diretora do CEF 5, Josália Luso Miquette, declarou que a entrega do prédio para a escola é um marco: “A qualidade, o enriquecimento e o espaço acolhedor que a gente almejou para a família hoje está sendo ofertado e pode trazer comunidade para dentro da escola”.

 

Amanda Beatriz é representante do 7º ano e se inscreveu para os cursos de culinária e muay thai. “Eu gostei muito desse espaço. Vamos utilizar com carinho. Esse lugar é da gente, os alunos estão felizes e acho que as oficinas vão ser muito legais”, destacou a estudante.

 

 

 

 

Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

FAPDF

Granja do Torto Lote 04, Parque Tecnológico Biotic Cep: 70.636-000