Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/10/22 às 13h45 - Atualizado em 12/03/24 às 14h44

6ª chamada pública de apoio à ciência do Serrapilheira inclui parceria com FAPs

COMPARTILHAR

Edital oferece R$ 9,1 milhões para até 10 jovens cientistas que proponham grandes perguntas em suas áreas de atuação.

 

 

Instituto Serrapilheira lançou a 6ª chamada pública de apoio à ciência. Serão selecionados até 10 jovens cientistas com grandes perguntas que contribuam para o conhecimento fundamental em ciências naturais, ciência da computação e matemática. As bolsas vão variar de R$ 200 mil a R$ 700 mil, a serem utilizados ao longo de cinco anos. As inscrições vão de 28 de outubro a 28 de novembro.

 

Uma novidade nesta 6ª chamada pública é que o Serrapilheira estabeleceu parcerias com o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e com as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), como a de São Paulo (FAPESP), Rio de Janeiro (FAPERJ) e Santa Catarina (FAPESC), com o objetivo de ampliar o apoio a jovens cientistas nos estados.

 

Além das três FAPs descritas acima, o CONFAP e o Serrapilheira possuem parceria estabelecida por meio de Memorando de Entendimento, de dezembro de 2021, no qual outras 21 FAPs são signatárias. Havendo candidatos selecionados dos respectivos estados, o Serrapilheira informará estas FAPs ao longo do processo seletivo. São elas:

Fundação Araucária (Paraná), FAPAC (Acre), FAPDF (Distrito Federal), FAPEAL (Alagoas), FAPEAM (Amazonas), FAPEAP (Amapá), FAPEG (Goiás), FAPEMA (Maranhão), FAPEMAT (Mato Grosso), FAPEMIG (Minas Gerais), FAPEPI (Piauí), FAPERGS (Rio Grande do Sul), FAPES (Espírito Santo), FAPESB (Bahia), FAPESC (Santa Catarina), FAPESPA (Pará), FAPESQ (Paraíba), FAPT (Tocantins), FUNCAP (Ceará), FUNDECT (Mato Grosso do Sul) e FAPERO (Rondônia).

 

(Dúvidas específicas sobre a parceria e apoio das FAPs nesta 6ª chamada podem ser esclarecidas pelo e-mail: chamada@serrapilheira.org)

 

Modalidades da parceria

 

Essas parcerias podem se dar de duas formas: pelo cofinanciamento, o Serrapilheira e as FAPs poderão apoiar conjuntamente cientistas selecionados pela chamada pública do instituto. Já pelo apoio unilateral das FAPs, cientistas de seus respectivos estados que chegaram à fase final no processo de seleção do Serrapilheira, mas que não receberam apoio do instituto por limitação orçamentária, poderão receber recursos das fundações.

 

“Parcerias público-privadas efetivas são um bom caminho para o avanço da ciência, pois somamos a flexibilidade do financiamento privado à relevância do investimento público para o desenvolvimento do país”, comenta Cristina Caldas, diretora de Ciência do Serrapilheira.

 

Confira o edital completo aqui.

 

* Com informações do CONFAP

Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

FAPDF

Granja do Torto Lote 04, Parque Tecnológico Biotic Cep: 70.636-000