Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/02/21 às 14h44 - Atualizado em 26/02/21 às 14h50

Flocão de milho

Há mais de 20 anos no mercado de processamento, beneficiamento e empacotamento de grãos, Humberto Cenci (foto), proprietário da Cerealista Guará, que funciona em Ceilândia, viu a sua produção de flocão de milho dar um salto após consultoria do DF + Produtivo. O programa é realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF), por meio de um convênio com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF e a Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAPDF). “A consultoria permitiu a otimização das máquinas e o aumento da produção por hora, o que impactou diretamente em economia para a minha indústria”, diz o empresário, entusiasmado.

 

Cerealista guara FotoMoacirEvangelista19022021 02

O DF + Produtivo tem por meta aumentar em pelo menos 20% a produtividade de pequenas e médias empresas, reduzindo desperdícios. A metodologia utilizada é da manufatura enxuta (lean manufacturing). O método enumera quais são os sete tipos de perdas mais comuns: superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário (estoque), movimento e defeitos.

 

No caso da Cerealista Guará, que trabalha com uma linha de produtos de derivados do milho e da mandioca e com grãos de feijão, foi escolhida a produção do Flocão de Milho Guará para realização da consultoria. O item representa 85% das vendas do empreendimento, que tem 95% do processo automatizado. Os colaboradores são responsáveis pela operação das máquinas, pela checagem das fases da produção e por fazerem o manuseio dos produtos.

 

A consultoria identificou que havia possibilidade de melhorias na operação da empacotadora, que estava funcionando abaixo da capacidade máxima e com excesso de paradas. Antes da intervenção do DF + Produtivo, a máquina embalava 20.340 pacotes de 500 gramas em 11 horas. Com adequações técnicas e treinamento dos funcionários, a produção subiu para 25.980 unidades no mesmo tempo, um aumento de produtividade de 27,72%.

 

Para identificar as falhas de processos, a primeira fase da consultoria faz o diagnóstico e o mapeamento do fluxo de valor do negócio. Esse segundo é uma ferramenta estratégica que possibilita enxergar o macro da produção, identificando gargalos e atrasos e descrevendo o processo produtivo. Assim, foi possível acompanhar todas as etapas de produção do produto, desde a chegada da matéria prima até a entrega para o cliente.

 

Cerealista guara FotoMoacirEvangelista19022021 03

“O empenho dos colaboradores e a expertise do consultor que nos atendeu foram fundamentais para que tudo ocorresse conforme o previsto. O apoio de uma pessoa com entendimento de técnicas e que falasse a nossa linguagem fortaleceu a cultura da dedicação. Por isso, estamos dando continuidade a todos os ensinamentos e implementando novas ideias, orientadas também pelo consultor”, explica Humberto Cenci.

 

Presidente do Sindicato das Indústrias de Beneficiamento, Moagem, Torrefação e Fabricação de Produtos Alimentares de Origem Vegetal do Distrito Federal (Sindigrãos-DF), Cenci usou a experiência na empresa como laboratório para o setor. “Tive resultados positivos e satisfatórios e agora estou apresentando os números aos integrantes do sindicato para que conheçam o programa e apliquem a consultoria.”

 

Outros pontos de melhoria identificados foram sobre o transporte, os defeitos e retrabalho e a espera. Também foram sugeridas adequações na comunicação, na organização e na padronização de tarefas.

 

O programa

Cerealista guara FotoMoacirEvangelista19022021 55555Com duração de 120 horas, executadas em cerca de três meses, o DF + Produtivo identifica oportunidades de melhorias nos processos produtivos das empresas, por meio da criação de um fluxo contínuo de valor, sincroniza a demanda e o tempo de processo e reconhece as atividades que agregam valor do ponto de vista do cliente e da melhoria contínua.

 

O programa, assinado em 2019 pelo Senai-DF, pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF e pela FAPDF, começou a atender em 2020. Até 10 de fevereiro deste ano, foram finalizadas 33 consultorias e outras 23 empresas estão em atendimento. São empreendimentos das áreas de Alimentos, Construção Civil, Gráfica, Movelaria, Tecnologia da Informação e Vestuário. A média de aumento de produtividade é de 50%.

 

O diretor regional do Senai-DF, Marco Secco, reforça ainda que os atendimentos são exclusivos, com tratamento específico nos processos de cada empresa, o que permite um olhar individualizado e ações assertivas. “Entender o negócio como um todo e enxergar as reais necessidades da empresa facilitam uma análise efetiva e sugestões de desenvolvimento que resultam em crescimento produtivo.”

 

Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, Gilvan Máximo, o DF + Produtivo impacta na melhora da produtividade e da qualidade dos produtos, além da capacidade inovadora das empresas. “A consultoria descobre as lacunas no negócio e aprimora os processos internos. Como resultado, os custos de produção caem e a produtividade cresce. Empresas que passam pelo DF + tornam-se mais competitivas e colocam-se em posição mais favorável para entrar em outros mercados, seja no Brasil ou no exterior”, afirma.

 

Inscrições abertas

 

A metodologia usada nas consultorias do DF + é a do Brasil Mais Produtivo, do governo federal, e consiste em intervenções rápidas, de baixo custo e de alto impacto.

 

O DF + Produtivo, é o eixo do programa voltado ao ganho de produtividade com foco na redução de desperdícios, como atividades sequenciais desnecessárias, estoque excessivo, má utilização do capital humano e tempo de espera em vão. Cada consultoria leva de três a quatro meses. A adesão é gratuita.

 

O DF + Avançado começa a trabalhar a primeira fase da indústria 4.0, com monitoramento de toda a operação em tempo real. Assim como no primeiro programa, a adesão é gratuita, porém, nesse caso, há a necessidade de investimento em software e hardware.

Além das consultorias que tratam de aperfeiçoar processos de produção, há o DF + Eficiente, que tem como objetivo melhorar a eficiência no uso de energia.

 

Para participar do DF +, as empresas interessadas precisam fazer uma autoavaliação no portal maturidade.senai40.com.br. Um consultor do Senai-DF entrará em contato para confirmar a adesão ao programa ou detalhar os motivos de ela não poder participar. Para mais informações, acesse o site do DF + ou envie um e-mail para dfmais.senai@sistemafibra.org.br.

 

Texto: Dayane dos Santos
Fotos: Moacir Evangelista/Senai-DF
Assessoria de Comunicação do Senai-DF

Fundação de Apoio a Pesquisa do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

FAPDF

Granja do Torto Lote 04, Parque Tecnológico Biotic Cep: 70.636-000