Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/03/21 às 14h23 - Atualizado em 12/03/21 às 13h09

FAPDF e UnB discutem ampliação de parcerias entre as instituições

Imagem: Ascom/UnB

 

Dirigentes da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) reuniram-se, na última terça-feira (09/03) com a administração da Universidade de Brasília (UnB) para falar sobre parcerias entre as duas instituições e sobre o orçamento de fomento à pesquisa previsto para este ano.

 

“Vivemos um momento em que a importância da pesquisa está bastante evidenciada, então, queremos saber como agir conjuntamente para garantir a recomposição do orçamento da FAPDF”, disse a reitora Márcia Abrahão, acrescentando que teve apoio do presidente da Câmara Legislativa do DF, Rafael Prudente, no pleito.

 

Entre as demandas indicadas pela UnB, estão o financiamento de mais projetos de pesquisa, extensão e inovação de combate à covid-19 e a destinação de recursos para bolsas de pós-graduação, iniciação científica e pós-doutorado, por meio de editais. Outro pedido é por editais que promovam melhoria na infraestrutura de pesquisa, que sofre rapidamente com deterioração.

 


 

A FAPDF firmou, em 2020, o Convênio 03/2020, com a Finatec, no qual destinou R$ 30 milhões para fomento apoiar projetos e ações de pesquisa, inovação e extensão destinadas ao combate do Covid-19. No âmbito deste convênio, mais de 40 projetos de pesquisadores da UnB foram selecionados e o andamento da execução pode ser acompanhando pela página Transparência Covid-19, cujo atalho também está disponível no menu “Transparência” do site da Fundação

 


 

“Nós sabemos que a FAP tem limitações de quantitativo de pessoal, então, se precisarem de apoio para redação de editais, abertos à toda comunidade científica do Distrito Federal, estamos à disposição”, destacou o decano de Pós-Graduação, Lúcio Rennó. Ele lembrou, ainda, que o investimento na ciência local tem potencial de trazer retornos também para a economia.

 

O presidente da FAPDF, Marco Antônio Costa Júnior, explicou que houve questionamentos do Tribunal de Contas da União (TCU) quanto ao percentual da receita líquida do DF destinado ao orçamento da Fundação – daí a redução dos valores. “Mas nosso entendimento é que, se houver projetos que excedam os recursos disponíveis, vamos levar ao governo e apontar a necessidade de suplementação orçamentária. Temos apoio do governador [Ibaneis Rocha] em relação a isso”, disse o gestor.

 

INOVAÇÃO – Ele aproveitou a conversa para sinalizar interesse em estreitar o relacionamento e as parcerias com o Parque Científico e Tecnológico (PCTec/UnB). Também pediu mais detalhes sobre o andamento dos projetos de combate à covid-19 já financiados pela FAPDF. A agência aportou recursos para 44 iniciativas, no âmbito do Convênio 03/2020, selecionadas a partir dos projetos aprovados nas duas chamadas públicas promovidas pela UnB no ano passado.

 

“Por opção da própria FAP, o acompanhamento das atividades ficou entre a agência e a Finatec [Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos, que faz a execução financeira]. Mas há um portal no qual é possível verificar o andamento”, explicou a decana de Pesquisa e Inovação em exercício, Cláudia Amorim. Ela também esclareceu que cerca de metade dos projetos financiados pela Fundação ainda está ocorrendo.

 

A reitora sugeriu que as duas instituições planejem uma solenidade para divulgação dos projetos, para dar visibilidade às ações. A proposta foi bem recebida por Marco Antônio e pelo diretor vice-presidente da Fundação, Paulo Nicholas, também presente na reunião. Além deles, participou da conversa a superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação da FAPDF, Renata Vianna. “Nós carecemos muito desses eventos acadêmicos para apresentar o resultado de tudo que fomentamos na UnB. Acho importante mostrar o que é produzido, tanto em pesquisa básica, quanto aplicada”, afirmou.

 

*Com informações da Ascom/UnB

Fundação de Apoio a Pesquisa do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

FAPDF

Granja do Torto Lote 04, Parque Tecnológico Biotic Cep: 70.636-000